Verdadeiramente qual é o Deus em que você acredita?

Importante: Está é uma reflexão, um exercício, com base em minhas experiências pessoais (reais) e que de forma alguma estou afirmando qualquer lado da moeda ou uma religião, mas apenas acredito que as palavras são como placas, sinais e mostram a direção, e que o caminho, a experiência somente cabe a você vivê-la. Este é um convite para talvez elevar sua leitura acima do simples texto, para sentir e tirar suas próprias conclusões.

Eu posso afirmar que em março de 2005 eu entrei em um profundo conflito entre vários ensinamentos ao qual cresci ouvindo e fortes questionamentos que tive, mas sempre resistia a eles.

Porém em um momento muito especial aceitei, parei, respirei fundo e ouvi esta “agonia” sem julgamentos, sem preconceito, abrindo mão de tudo que já tinha aprendido até então pela religião, e a partir deste momento tenho vivido um despertar da consciência e da essência com convicção que estou no caminho certo.

Considerando isto, gostaria de expressar qual é a visão que tenho hoje sobre Deus e que de alguma forma isso possa fazer você se enquadrar no seu caminho novamente, ter a certeza talvez que também está no caminho certo, mesmo que para isso tenha que se sentir confuso ou desconfortável no início.

Qual é o Deus em que você acredita?

Eu tenho convicção que Deus não é uma persona divina, não tem trono ou mesmo habita no céu, ou em qualquer lugar em que haja separação dEle com todo o universo.

Também não me agrada a utilização da palavra “Deus” hoje em dia, simplesmente porque funciona como uma âncora que borbulha dezenas de crenças e preconceitos sobre isso, e que na grande maioria surgem na mente de forma superficial, sem muita profundidade ou informação condicionada a uma forma, e não acho que este Deus ou mesmo como gosto de falar “nossa essência” tenha uma.

Não creio que Ele faça escolha de pessoas na perspectiva de selecionar uns e deixar outros, mesmo que se trate de “livre arbítrio”, até porque, faz mas sentido Ele escolher sim pessoas, mas todos, sem exceção, sem distinção.

Definitivamente não acredito no inferno, não como somos ensinados, um lugar de condenação eterna ou muito menos que Nossa Essência (Deus) vai algum dia apontar dedo e dizer: “Ei, você fez isso vai ficar eternamente queimando e sofrendo.”, isso não faz parte do amor, da bondade e da grandiosidade em que este ambiente sagrado se encontra, esta questão está mais perto de uma criação medieval humana do que realmente algo acima do nosso entendimento.

Não consigo ver a presença da Nossa Essência (Deus) em nenhuma pregação, religião ou lugar que condiciona as pessoas ao medo, no ponto de vista do tipo, acredite nisto, este é o caminho para não ser condenado. Isso hoje me faz ver como os homens se apoderaram de uma arma psicológica poderosa, e se utilizam da falta de conhecimento e necessidade de se conectar com a Essência, com algo superior, da grande maioria das pessoas.

A este ponto você pode começar a questionar baseado nos ensinamentos como: “Mas Bruno, está escrito na bíblia.”, é assim dizem não é? E utilizam disso para colocar um ponto final em seus questionamentos, como se as escrituras fossem a palavra final de Deus ou até mesmo o próprio Deus presente.

Não! Eu não estou querendo dizer que não acredito na bíblia, acredito, mas hoje leio com outro olhar, orientado pela Essência, buscando conhecimento profundo de cada passagem considerando quem escreveu, o contexto e o tempo, como uma pesquisa histórica.

A má interpretação ou tradução de cada trecho da bíblia, muitas coisas ali escritas podem destruir a vida de uma pessoa em vez de salvá-la, gerar guerras, ódio, medo, se não forem lidas como o simples apontamento do caminho e não o caminho em si, como uma parábola, assim como Jesus gostava de utilizar. E porque ele utilizava de parábolas? Justamente por saber da limitação das palavras em transmitir o caminho e é a única ferramenta textual que gera reflexão, pode ver, parábolas fazem você concentrar em algo mais fundo em você mesmo, como se buscasse a resposta, e é isso que Jesus queria mesmo. Mas quando vemos uma interpretação de alguém como a verdade absoluta, e que não nasceu de dentro de você, somente recebeu a nível da mente, ela vai destruir muito mais do que construir.

Mas então em que Deus você acredita? Você somente focou naquilo em que não acredita!

Eu acredito em que todos somos parte dEle, e Ele de nós desde o nascimento, ou melhor, muito antes disso. Acredito que somos todos um só, sem diferenças no nível “espiritual”. Tenho convicção que a salvação que Deus quer nos levar a ter não é pelo medo do inferno ou do sofrimento, mas a salvação da limitação humana, da acusação da mente, da conexão com Ele ou melhor, com sua essência.

Acredito que não é necessário buscar nada externo, pois todas as respostas você já nasce com elas em você mesmo, o foco na verdade não é externo, deve ser interno, e cada um deve traçar sua própria jornada, em seu tempo, uns mais no início, outros já mais avançados, mas temos que buscá-lo como um despertar.

Gosto de ler sobre homens que alcançaram a iluminação, certo dia, Buda foi perguntado: “Você pode dizer alguma coisa sobre Deus?” Buda olhou para o homem, fechou os olhos e permaneceu em silêncio. E sabe o porquê disso? Porque verdadeiramente um sábio, um homem de Deus, lhe conduz para você traçar seu caminho, buscar em você suas respostas e não lhe falar qual ela é. Nós aprendemos a buscar errado, acho que por influência dos tempos antigos em que muitos procuravam videntes e magos para revelar a resposta ou o futuro, e não é assim que se busca a Deus.

Acredito que religião, qualquer que seja, simplesmente limita Deus ou condiciona a algo humano, pequeno, seleto, e definitivamente não faz sentido para mim isso vir da Nossa Essência (Deus).

Tenho a certeza que a palavra “E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.” dita por Jesus aos Judeus no livro de João 8:32, traz nela algo que vemos de forma superficial na maioria das vezes, ou somos direcionados para assim ver. Como eu disse, os textos mostram o caminho, não são o caminho, e que somente o conhecimento, a busca pelo conhecimento individual de cada ser pode libertar, a luz que existe dentro de você é que pode te reconectar com Ele.

Acredito que Deus, como parte de tudo, quer que despertemos e que tudo melhore, evolua e não que a terra vai ser destruída por Ele em um dia específico. Sério que isso faz sentido para você? Que o Deus do amor, que tudo criou, fez toda a criação para um dia arrebentar com tudo? Acho mais fácil por nossas ambições acabarmos com as coisas do que Deus ter um dia para destruir tudo. Tenho comigo que em apocalipse 20:1 onde está escrito: “E vi um novo céu, e uma nova terra. Porque já o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe.” seja o despertar da consciência da essência, e que é aqui, nesta terra e não em algo fora daqui. A mudança não é sairmos daqui para outro lugar, mas de vermos e transformarmos este lugar em um novo tempo. Vamos deixar claro que quem escreveu este livro foi um homem, assim como nós, que sim iluminado por Deus, mas que estava condicionado às palavras, e que elas mostram o caminho e não são o caminho de fato.

Entendo e respeito profundamente os Ateus, e sinceramente acredito que estão muito mais perto da presença de Deus, do despertar do que muitos que se julgam como homens de Deus. Por quê? Simplesmente porque algo incomoda e eles ouviram de certa forma, e nesta situação estão menos subjugados as limitações de muitos rótulos. Sim, talvez saem de um erro para cair no outro, o de se intitularem como ateus, e pelo conforto de sem mais perguntas, não continuam seu caminhar pela verdade. Ou melhor, se Deus para você é uma persona que está no céu, que vai mandar pessoas para o inferno, e que escolhe alguns homens e outros não, hmmm, pensando bem, realmente eu também sou ateu, pois para mim, este Deus não existe.

Por fim, acho que já basta até aqui. Espero que você leia, ou releia todo este relato vendo como um sinal, uma placa indicando o caminho ao qual somente você pode trilhar, ninguém pode ficar entre você e Sua Essência (Deus).

Espero muito que você desperte, não tenha medo, pode haver turbulências pelo caminho, mas avance, continue!

GRÁTIS! CADASTRE-SE E RECEBA ALERTAS DE NOVOS POSTS

4 Comentários
    • Bruno Bueno
    • Bruno Bueno

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Totalmente Grátis! Cadastre-se e receba novidades do blog.
  • Receba tudo em primeira mão;
  • Alerta de novos posts;
  • Novidades exclusivas;
  • Sem SPAM, respeitamos sua privacidade.

Preencha o formulário abaixo:

GRÁTIS! Clique aqui e cadastre-se.