5 dicas de estudos simples para melhorar seu desempenho

Ufa! Terminei meu curso de gestão de negócios em uma faculdade aqui do Canadá, foi um período extremamente intenso que me desafiou a sair da minha zona de conforto e me ensinou não só os conteúdos das matérias, mas também me estimulou a desenvolver e fortalecer minhas práticas de estudo e aprendizado.

A última vez que estava em um curso na faculdade foi a mais ou menos 10 anos atrás, e não era tão intenso como foi este, com muito trabalho, leitura de livros, pesquisas e por ai vai. Só para você ter uma ideia, para meu plano de estudos a orientadora me falou bem claro no início: “se você não estudar em casa pelo menos 27 horas por semana você não vai passar”, ela sabe como é a mentalidade comum dos alunos internacionais.

Confesso que o início foi bem difícil pra mim, não só por conta da quantidade de conteúdo e trabalhos, mas também pelo idioma, sabe como é, no Brasil achamos que falamos inglês quando estamos acima da média comum, mas quando pisamos aqui descobrimos a dolorida verdade, que esse inglês “macarrônico” que geralmente aprendemos no Brasil está longe de ser suficiente para desempenho de alto nível.

Só para contextualizar, eu nunca fui de estudar muito em casa para escola, então minhas dicas são bem simples, mas que se praticada faz sim uma grande diferença, fez pra mim, tirei alguns A’s (>85%) em provas bem difíceis de 30 páginas tudo em inglês.

Enfim, mão na massa.

1) A hora da preparação e antecipação

No dia das aulas fazia o máximo para ter a disciplina de dedicar 1 hora para revisar o que foi ensinado na aula anterior e de ler o material da próxima (isso fora o tempo dedicado nos trabalhos), os professores sempre disponibilizam um plano de curso com todos os tópicos e datas, então é possível antecipar e dar uma lida no capítulo do livro ou nos slides dos professores.

Bem você pode estar pensando: “Ah Bruno, mas tenho 3 aulas seguidas e meus professores não oferecem calendário do curso.”, bem você vai esperar o mundo agir em prol de você ou vai tomar ação e fazer acontecer? Experimente no final de cada aula falar ao professor que deseja revisar e se antecipar para a próxima aula dele e o que ele indicaria você estudar, demonstre seu interesse e te garanto que ele vai colaborar. (Aluno realmente interessado é raridade, é exceção.)

2) Anote tudo

Escreva tudo que achar importante durante as aulas, inclusive faça anotações das coisas que você não entendeu direito para revisar em casa, no início voltava pra casa com muita coisa viu. Rsrs

Ah, eu chegava em casa com essas anotações e ia direto para o YouTube ver se tinha aula ou conteúdo de alguém falando sobre aquele tópico, e adivinha? 90% das vezes tinha, então eu assistia e conseguia acompanhar a turma ou até me destacar.

3) Deseje tirar notas altas

Na prática existe uma diferença grande nos resultados quando realmente se deseja algo, se você deseja realmente ser o melhor jogando bola o que vai acontecer? Vai tentar aproveitar toda oportunidade que tiver para estar em campo, praticando, jogando, melhorando. Também vai querer estar rodeado de pessoas boas, melhores que você certo? Estudar não é diferente.

Expectativas influenciam diretamente o comportamento. Se sua expectativa é medíocre, seu comportamento natural vai garantir que você tenha uma performance medíocre.” Margaret Neale – Stanford Business School

4) Se envolva com pessoas acima da média

Se você não deseja tirar notas altas, você não vai sair bem simples assim. Agora fica aqui minha melhor dica para te ajudar a gerar este desejo, sente-se perto de pessoas que tem este mesmo objetivo, se envolva com pessoas que querem ter uma desempenho acima da média, estou falando justamente pra você ficar perto dos nerds, daquele povo que tira 95% em uma prova e fica achando ruím, de sentar na primeira cadeira da fila em frente ao professor.

5) Sente a bunda na cadeira e estude

Eu sei que é muito difícil para nossa geração manter concentração por muito tempo, mas isso é questão de prática. Você não vai conseguir correr 10km sem parar só porque desejou isso certo? Para conseguir tem que começar correndo 1, 2, 3 e aos poucos ir aumentando concorda?

Com a concentração e os estudos é a mesma coisa, tenha disciplina e sempre estude o máximo que der conta, quando sentir que esta perdendo concentração e esta cansado, essa é a hora que tem que ir um pouco mais longe, forçar seu cérebro a se adaptar com este novo padrão, e com o tempo ele vai, eu garanto.

Bônus:

Aqui um conceito que criei para mim mesmo: “Se aprender algum assunto está difícil não significa que você não é inteligente o bastante pra ele, seja este o que for, apenas significa que está se dedicando menos do que o necessário.”

Espero que estas dicas possam te ajudar a expandir seu limites estudantis.

GRÁTIS! CADASTRE-SE E RECEBA ALERTAS DE NOVOS POSTS

2 Comentários
    • Bruno Bueno

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Totalmente Grátis! Cadastre-se e receba novidades do blog.
  • Receba tudo em primeira mão;
  • Alerta de novos posts;
  • Novidades exclusivas;
  • Sem SPAM, respeitamos sua privacidade.

Preencha o formulário abaixo:

GRÁTIS! Clique aqui e cadastre-se.